13 de fev de 2012

O som

Aquele piano estava tocando.

Eu corria daquele som que procurava fazer ressonância com minha alma e com meus sentimentos.
Aquele som me seguiu. Agora me vejo cercado de notas tristes e melancólicas, elas entram em mim e fazem parte de minhas células... Quero me deixar levar por este coro e talvez esta melodia me leve até os seus olhos e sua luz. Que ilusão, tua face está longíqua agora e teus olhos ocultos...

Mas consolar-me-ei nas canções que falam de ti e chorarei todas lágrimas que não foram sorrisos de tua presença, assim o sentimento que me prende a dor de não te ter saia de mim... E se ele apenas encravar-se mais em meu peito?

Aquele piano estava tocando e minha alma com ele cantava seu nome...


Amo vossos corações, mesmo que não amem o meu.
Uli Teffann

Nenhum comentário: